• 193 
  •  
  •  
  •  
  •  

Dia das Crianças no Corpo de Bombeiros RJ foi marcado por diversas celebrações

  

Integrantes de três projetos sociais e filhos de bombeiros tiveram um dia de cultura e diversão

 

Dia das Crianças foi uma data especial no Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). O Quartel Central da instituição recebeu, na manhã do dia 12 de outubro, integrantes dos projetos sociais Casa Lar de Balthazar, Lar de Maria Dolores e Orfanato Santa Rita de Cássia. À tarde, a programação foi estendida para os filhos e dependentes de bombeiros. A ação teve como objetivo divertir, ensinar e inspirar aproximadamente 250 crianças ao longo do dia. A corporação disponibilizou também brincadeiras e diversas atividades lúdicas com um grupo especializado de animação. O evento também marcou a celebração do dia de Nossa Senhora Aparecida com uma missa em homenagem à padroeira do Brasil. Conduzida pelo capelão da corporação, tenente-coronel Wagner Toledo, a cerimônia foi marcada por uma bênção à garotada. Teve ainda apresentação musical ao piano, show de mágico e distribuição de brindes.

De acordo com o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro, ao ajudar uma criança a gente recebe um sorriso de volta.

- Há um ano no comando, busco ampliar nossa atuação também para o social.  Acredito nas crianças. Elas são o futuro da nossa sociedade. Podemos contribuir com cultura e educação. Esses eventos são uma oportunidade para elas – disse o secretário.  

Outras comemorações: os filhos dos bombeiros do 2° Grupamento Marítimo (Barra) também tiveram um dia especial. Atividades na praia marcaram o evento dos pequenos juntos aos heróis do mar. No Destacamento de Mendes (DBM 6/22), os militares capricharam na decoração em homenagem à garotada.

Confira a galeria de fotos. 

Edição: Equipe ACS

 

 

 

 

Ações descentralizadas da Diretoria de Assistência Social buscam aproximação com a tropa

Encontros de Setembro focaram na prevenção ao suicídio
A Diretoria Geral de Assistência Social (DGAS), por meio do Núcleo de Prevenção e Enfrentamento ao Suicídio (Nupes), promoveu, durante todo o mês de setembro, uma série de ações descentralizadas. As atividades foram desenvolvidas por meio dos Polos de Serviço Social instalados em diversas unidades operacionais do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ). O objetivo foi debater junto aos militares as formas de se evitar o suicídio, dando maior visibilidade à campanha Setembro Amarelo e efetivando a aproximação com a tropa. 
Durante os encontros foi possível apresentar as formas de se combater o suicídio e falar sobre a prevenção e atuação de todos de forma responsável e acolhedora. O projeto consistiu em palestras e rodas de conversa em parceria com a rede de atenção básica de saúde local.
Para a coordenadora do Nupes, tenente Alessandra Muros, as ações itinerantes buscam uma aproximação maior com os militares, visando sensibilizá-los. 
 - Alguns pontos podem ser percebidos, como mudança brusca de comportamento, isolamento social, sofrimento ou transtorno emocional. Assim, conseguimos atuar e evitar que mais uma vida seja perdida - enfatizou. 
No final, ela deixou uma mensagem:  
 - Nossa onda amarela não acabou!  Durante todo ano, colabore conosco nesta campanha e se precisar de ajuda, contate: nupes.das.cbmerj@gmail.com. Você não está sozinho. Conte conosco!
Edição: Equipe ACS

 

 

 

 

Militares "Tempo Certo" recebem capacitação no Centro Integrado de Comando e Controle

Encontro teve como objetivo alinhar estratégias de atendimento entre as equipes do COAPH e da Central 193
O Centro de Operações de Atendimento Pré-Hospitalar (COAPH) capacitou, no  dia 23 de setembro, militares "Tempo Certo" da Central 193 do Centro de Operações do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (COCB). A ação aconteceu no auditório do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC). 
Na ocasião, foram apresentadas estatísticas de atendimento do COAPH, o cenário da regulação médica, as características do APH em 2021, suas legislações e publicações.  Além disso, foram abordados outros temas: Parada Cardio-Respiratória (PCR), afogamento, tentativa de suicídio e Obstrução de Vias Aéreas por Corpo Estranho (OVACE).
Todos os protocolos de segurança de prevenção de disseminação do novo coronavírus foram seguidos, com a oferta de álcool 70%, assim como o distanciamento e a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Produção: Equipe ACS

 

 

 

 

Corpo de Bombeiros RJ realiza cerimônia de conclusão do Estágio Básico de Busca, Resgate e Sobrevivência

Cadetes foram recebidos em Guadalupe pelo comando-geral
Os cadetes do 2º ano do Curso de Formação de Oficiais (CFO) foram recepcionados, na tarde de 06 de outubro, no Complexo de Ensino Coronel Sarmento, em Guadalupe, após mais de 10 dias de exercícios na represa de Ribeirão das Lajes, em Piraí. Os militares concluíram o Estágio Básico de Busca, Resgate e Sobrevivência 2/2021 (EBBRS). Eles foram recebidos pelo secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), coronel Leandro Monteiro, e outras autoridades.
 
O programa de atividades contou com atividades de marcha a pé, obtenção e purificação de água, confecção de abrigos temporários, obtenção do fogo, confecção de armadilhas, navegação, natação utilitária, operações helitransportadas, orientação, buscas e resgates diurnos e noturnos, manipulação de animais peçonhentos, circuito de operações aquáticas, obtenção de alimentos de origem vegetal e animal e plantas medicinais, pesca, reparação da caça (abate e esfola), sinalização diurna e noturna e respostas em situação de estresse.
 
O secretário falou à tropa, discursando sobre a importância da formação e do compromisso da instituição e de cada um ali presente.
 
 - Temos que estar preparados e equipados para atender à população. O que eu peço é somente uma coisa: amor pela farda. Estamos aqui representando o CBMERJ. Temos que honrar a nossa instituição e, por isso, eu falo que preciso muito mais de vocês do que vocês precisam de mim. Juntos, vamos entregar um CBMERJ melhor do que recebi - expôs.
 
O estágio contou com toda a equipe de instrutores da Academia de Bombeiro Militar D. Pedro II (ABMDP II), que se se dividiu com as atribuições diárias da própria Academia. Também contou com  grupos de apoio: guarda-vidas, profissionais da Saúde, equipes de rancho e de militares do Grupamento de Operações Aéreas (GOA). 
 
 De acordo com o comandante da ABMDP II, coronel Ronaldo da Luz Pereira, a turma 62 chega vitoriosa ao fim de mais um ciclo. 
 
 - Chegaram meninos e meninas e saem homens e mulheres. Os limites dos senhores estão muito além do que imaginam. Façamos o melhor sempre. Vivam suas lutas e vençam suas batalhas. Nós faremos de tudo para que isso aconteça - disse coronel Luz, em um discurso forte e emocionado. 
 
O diretor geral de Ensino e Instrução da corporação,  coronel Marcus Belchior, também proferiu algumas palavras. 
 
 - Essa é a fase da carreira que nunca vamos esquecer. Um dos momentos mais marcantes na minha vida, junto ao nascimento dos meus filhos. Passamos por situações adversas como fome, sede, calor e frio intensos, além do cansaço físico e estresse psicológico extremo. E sobrevivemos. Estamos prontos para seguir e servir - finalizou Belchior.   
 
Ao final da cerimônia, os cadetes deram as mãos e fizeram uma oração agradecendo pela união da turma e pela vitória conquistada.
 - Hoje podemos agradecer a Deus porque nossas preces foram atendidas. Voltamos com dores, cansados, mas gratos por toda essa experiência de vida. Que tudo que aprendemos sirva para nos fazer homens e mulheres,  comandantes de socorro, bombeiros de excelência - disse um dos alunos.  
Produção: Equipe ACS
Fotos: Jessika Leal

 

 

 

 

Outubro rosa: HCAP realiza palestras para pacientes e funcionários

Objetivo é conscientizar sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) participa do Outubro Rosa, campanha que tem como objetivo compartilhar informações para conscientizar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e de colo do útero. 

Durante todo esse mês, a Diretoria Geral de Saúde (DGS) e o Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP) promovem palestras semanais, para pacientes e funcionários, sobre diferentes assuntos relacionados ao tema. Inaugurando os trabalhos, o capitão Bernardo Portugal Lasmar falou, no dia 6 de outubro, sobre as principais medidas de prevenção no ambulatório do hospital da corporação.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), entre 2020 e 2022, o número de novos diagnósticos no país deve chegar a 190 mil relacionados ao câncer de mama, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres. Em todo mundo, foram 2,3 milhões de novos diagnósticos positivos somente no ano passado.

O Outubro Rosa, celebrado anualmente em vários países, foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, nos Estados Unidos. O Brasil começou a participar da campanha em 2002, com pequenas iniciativas. A partir de 2010, o tema passou a ter maior divulgação, sensibilizando um número cada vez maior de brasileiras a procurarem orientação e auxílio médico. 

Produção: Equipe ACS

 

 

 

 

Secretaria de Estado de Defesa Civil cria Superintendência de Saúde

Quartel Central do Corpo de Bombeiros RJ comemora o Dia das Crianças com uma grande festa - Portal Giro

Corpo de Bombeiros atendeu 233 ocorrências em Nova Friburgo no mês de setembro - O Dia

Corpo de Bombeiros RJ divulga balanço de atendimentos em São Gonçalo durante o mês de setembro - O São Gonçalo

CBMERJ atende em Petrópolis duas ocorrências diárias de fogo em vegetação no mês de setembro - A Tribuna de Petrópolis